Contabilidade para Varejo

Contabilidade para comércio varejista

Contabilidade para comércio varejista

Mesmo em meios a crises, o mercado varejista consegue se reerguer e é o local onde se concentram o maior número de micro e pequenas empresas. O comércio varejista engloba desde uma loja de roupas a supermercados.

De acordo com IBGE, o setor varejista ocupa 73,7% do comércio, mesmo sendo compostos por empresas de pequeno porte. E para lidar com esse crescimento gradativo é importante contar com ajuda de um profissional especializado para gerir melhor as despesas.

Assim, este artigo vai abordar um pouco mais sobre a importância da contabilidade no comércio varejista.

Importância da contabilidade para o comércio varejista

O profissional de contabilidade pode ajudar com empresário de um comércio varejista através de relatórios e demonstrações de fluxo de caixa. Ela também cuida da gestão financeira, auxilia na hora do recolhimento de impostos.

O empresário de um comércio varejista pode contar com a contabilidade para colocar o cliente a par de todas as informações necessárias para regularizar o estabelecimento.

O contador estará à frente de todos os processos burocráticos, contábeis, fiscais, tributários.

Dicas para contabilidade do comércio varejista

– Controle do caixa

O empresário deve entender que o controle do caixa é de extrema importância para o seu negócio. E aqui, que o dono saberá quanto de dinheiro entra e saí do negócio, além de identificar quais são as despesas e custos recorrentes.

– Tecnologia

Utilize a tecnologia no comércio varejista. Se você não tempo para ficar atualizando planilhas manualmente, faça isso através de softwares de gestão.

– Planejar compras

Depois do fluxo de caixa estar controlado, é necessário entender quais são os gastos que o comercio varejista mais tem. Por isso, antes de comprar qualquer coisa, avalie se é realmente necessário.

– Estoque

Isso vale também para o estoque. Não vale a pena comprar coisas a mais sendo que não serão utilizadas, você estará perdendo dinheiro.

– Tributos

Com muitos tributos no país, muitas empresas acabam pagando impostos em excesso. Por isso, é essencial para uma contabilidade especializada em comércio varejista.

Vejas alguns regimes tributários:

·        Simples Nacional

Para micro e pequenas empresas e que tenham o faturamento de R$4,8 milhões por ano. E o recolhimento do imposto é feito através de uma única guia – DAS.

·        Lucro presumido

Regime com o recolhimento dos principais impostos federais. Sendo eles o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL).

·        Lucro Real

Regime que apura o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL).

Conclusão

Assim, podemos concluir que o profissional contábil pode ajudar o empresário do comércio varejista a gerir melhor o seu negócio e com isso tirar ele do vermelho.

Gostou? Deixe um comentário abaixo! 👇👇

O GrupoRhodes é uma empresa que acredita na valorização da classe depende da conduta profissional, por isso atua com consciência de seus deveres como cidadãos, concorrendo para que o trabalho seja instrumento de controle e orientação útil e eficaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *