Dicas de Gestão

Entenda três diferenças entre startup e empresa tradicional

diferenças entre startup e empresa tradicional

O empreendedorismo tem crescido bastante nos últimos anos e a inovação tecnologia é uma das grandes responsáveis por muitas mudanças.  Abrindo caminho, para que muitas pessoas possam tirar do papel o sonho de abrir seu próprio negócio. 

E se você, leitor, é uma dessas pessoas, saiba que nem toda empresa nasce e cresce igual a outra. E se busca por um negócio escalável, com um crescimento estruturado, o modelo certo para você é uma startup. 

Se você é empreendedor ou deseja abrir um negócio? Leia nosso artigo, e entenda as três diferenças entre startup e empresa tradicional. Entenda, agora mesmo, qual o melhor modelo de negócio para você. 

O que é uma startup?

Nos últimos anos, temos visto bastante empresas utilizarem este título com bastante frequência. Principalmente pelos jornais e demais meios digitais, sempre noticiando pequenas empresas que se tornaram verdadeiros gigantes. 

No cenário mercadológico, este modelo de empresa, aplica o conceito de escalabilidade, estruturando o seu crescimento, fazendo com que possa atender uma demanda maior de clientes sem que seja preciso aumentar os seus custos operacionais. 

O que é uma empresa tradicional?

Geralmente uma startup é criado devido a uma oportunidade de mercado, já uma empresa tradicional surge por uma necessidade. E por isso o seu planejamento é elaborado, de acordo com o seu período de sobrevivência e retorno do valor investido. 

Para que um startup possa escalar e crescer será preciso muito trabalho e esforço, tanto de seu gestor como também de seus funcionários. Enquanto uma empresa tradicional, seguirá um rigoroso planejamento financeiro, a fim de solidificar o seu mercado, correndo riscos menores e tendo seu crescimento limitado. 

Quais as principais diferenças entre startup e pequena empresa? 

A grande diferença entre startup e empresa tradicional basicamente são os seus objetivos principais. Por exemplo, as empresas tradicionais são orientadas pelo seu plano de negócio, em busca de rentabilidade e valor estável ao longo dos anos, enquanto as startups são focadas em seu potencial crescimento e também na receita de seu financiamento. 

Leia mais sobre: Como utilizar a tecnologia a favor do seu negócio

Escalabilidade X Vendas 

Uma startup, é projetada para ter seu crescimento duplicado de forma temporária e assim se tornar um modelo de negócio repetível e escalável.

Desta forma, seus gestores buscam aplicar no mercado produtos inovadores que possam de alguma forma entregar valor aos seus consumidores. E por isso buscam aumentar o seu número de vendas, sem que haja também um aumento de custos e despesas. 

Já as empresas tradicionais, são modelos de empreendimentos que possuem operações visando aumentar sua lucratividade. Só que ao contrário de uma startups, este tipo de empresa não apresenta nenhuma novidade para o mercado. 

Além disso, muitas empresas tradicionais, são planejadas para atingir um nicho específico,operando com uma capacidade estimada de vendas e que muita das vezes é planejada para se manter no mercado, continuando pequena ao longo dos anos. 

 Capital Inicial para investimento 

A fim de atingir melhores resultados, uma série de testes serão aplicadas em uma Startup, validando assim diversas hipóteses e variáveis de sua atuação no mercado. 

Além disso, a fase de teste contribui para o momento inicial de arranque de uma startup, permitindo que o modelo de negócio possa ser estruturado e escalável. 

Entretanto, para que isso possa ocorrer, será necessário possuir capital inicial para investimento que possa assegurar todo o processo de validação e teste de mercado deste modelo de negócio. 

Em contrapartida uma empresa tradicional, executa um modelo de negócio de forma organizada e  estruturada sem que seja preciso realizar teste e diversas mudanças.  Desta maneira, não será preciso possuir um grande capital de investimento. 

Dividir o controle da empresa  

Nas empresas tradicionais, os sócios possuem o controle absoluto de seu negócio. Ao contrário do que acontece em uma startup, devido ao seu crescimento de forma contínua e estruturada, os seus empreendedores acabam buscando investimentos externos, como também financiamento adicional. 

Resultando assim na partilha dos lucros entre os investidores  ou fazendo a divisão do controle de seu empreendimento. Desta maneira o empresário poderá chegar a abrir mão do controle total de sua startup, em troca de possuir recursos suficientes para que ela possa se tornar escalável e atingir um crescimento saudável. 

A princípio as startups e empresas tradicionais podem causar dúvidas e até mesmo possuírem conceitos semelhantes, mas, ao contrário do que muitas pessoas imaginam, elas possuem modelos de negócios bastante diferentes, além de contar  com grandes variações em seus regimes,financiamento e estrutura.

Está pensando em abrir uma empresa? Entre em contato agora mesmo com nossa equipe. 

Somos uma empresa de contabilidade que adora uma administração eficiente e participativa. Com mais de 30 anos de experiência na área contábil, nossos profissionais possuem uma larga experiência nas áreas de Gestão Empresarial.

Gostou de nosso conteúdo? Acesso nosso blog e leia também: Como utilizar a tecnologia a favor do seu negócio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *